Associações se unem e lançam campanha “publicidade responsável: no digital também não se brinca”

Com lançamento previsto para outubro, a terceira fase da campanha que divulga as regras de autorregulamentação do Conar terá como tema as campanhas e peças publicitárias voltadas ao Dia das Crianças no ambiente digital

Em 2020, idealizada e produzida pela Associação Brasileira de Anunciantes (ABA) e Associação Brasileira de Licenciamento de Marcas e Personagens (ABRAL), lançaram com o apoio de 22 associações a campanha “Com publicidade responsável não se brinca”, que consistiu na publicação de posts divulgados nas plataformas de mídias sociais de todos os participantes, apresentando textos baseados em regras do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (CONAR), com exemplos práticos de como aplicar as normas no desenvolvimento de campanhas e peças publicitárias. A primeira fase foi voltada para o Dia das Crianças e a segunda fase voltada às festas de final de ano.

O objetivo das campanhas é de estimular a reflexão em relação ao consumo e os hábitos saudáveis de modo geral, lembrando sempre que qualquer comunicação publicitária de produtos e serviços destinados a crianças e adolescentes deve estar claramente identificada, devendo ser perceptível e destacada a distinção da publicidade em relação aos demais conteúdos gerados pelo Influenciador.

A iniciativa inspirou uma versão da Abral- Associação Brasileira de Licenciamento de Marcas e Personagens, inspirada na autorregulamentação. O material orientativo é destinado principalmente às empresas, sejam licenciadas ou não, fornecedores, agências e todos os envolvidos na comercialização e divulgação de produtos e serviços destinados à criança. A cartilha pode ser acessada no link: https://abral.org.br/wp-content/uploads/2021/08/ABRAL21_CARTILHA_INFLUENCERS_H.pdf 

“No Brasil temos o modelo da livre iniciativa e o dever de informação ao consumidor possui esta mesma prerrogativa de promoção de liberdade. Assim, a nossa autonomia de escolha enquanto consumidores esta sempre relacionada às informações claras e precisas que recebemos. Sejamos responsáveis com o valor da comunicação sobre produtos e serviços que entregamos às nossas crianças e adolescentes. É da independência delas enquanto cidadãos que tratamos ao falar de publicidades conscienciosas e inequívocas”, enfatizou Lilian Claessen de Miranda Brandão, Diretora do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor – DPDC / Secretaria Nacional do Consumidor – SENACON.

“O sucesso da primeira e segunda fase da campanha, destacada globalmente pela WFA, nos motivou a reforçar mais uma vez a necessidade de se abordar e discutir sobre o tema. Esperamos que a terceira fase, assim como as outras duas, atinja os objetivos de estimular a reflexão em relação ao consumo e às boas práticas da comunicação como parte fundamental da estratégia entre marcas e empresas”, comentou Sandra Martinelli, Presidente Executiva da Associação Brasileira de Anunciantes (ABA).

“Possuímos uma agenda importante no sentido de reforçar o conceito de comunicação responsável. Essa é uma delas que se soma a seminários e lives regulares ao longo do ano”, informa Marici Ferreira, presidente da Abral.

Associações que assinaram o Manifesto e estão na Campanha
1. ABA – Associação Brasileira de Anunciantes
2. ABRAL – Associação Brasileira de Licenciamento de Marcas e Personagens
3. ABAP – Associação Brasileira de Agências de Publicidade
4. ABEP – Associação Brasileira das Empresas de Pesquisas
5. ABERT – Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão
6. ABIA – Associação Brasileira da Indústria de Alimentos
7. ABOOH – Associação Brasileira Mídia Out Of Home
8. ABP – Associação Brasileira de Propaganda
9. ABRACOM – Associação Brasileira das Agências de Comunicação
10. ABRADI – Associação Brasileira de Agentes Digitais
11. ABRINQ – Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos
12. ACB – Associação dos Cartunistas do Brasil
13. Adibra – Associação das Empresas de Parques de Diversão do Brasil
14. AMPRO – Associação de Marketing Promocional
15. ANER – Associação Nacional de Editores de Revistas
16. ANJ – Associação Nacional de Jornais.
17. APP – Associação dos Profissionais de Propaganda
18. CNCOM – Confederação Nacional da Comunicação Social
19. FENAPRO – Federação Nacional das Agências de Propaganda
20. IAB – Interactive Advertising Bureau
21. IVC – Instituto Verificador de Comunicação
22. Instituto Palavra Aberta
23. SINDEPAT – Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.