Redes sociais são maior desafio para Comunicação Organizacional

Mais de 80 especialistas e gestores de comunicação dos setores público e privado acompanharam em 14/9, em São Paulo, o lançamento do Mapa da Comunicação Brasileira, pesquisa sobre Comunicação Organizacional que o Instituto FSB realiza a cada dois anos no País. Ao todo, foram 100 entrevistas com profissionais do setor, sendo 70 da área privada (entre as mil maiores empresas que operam no Brasil, segundo o ranking do Valor Econômico de 2010) e 30 do setor público (entre os 100 principais órgãos). Dentre os principais destaques, a pesquisa apontou que as plataformas de relacionamento na internet são o maior desafio para esses profissionais. Este foi o segundo ano do levantamento, que teve importantes mudanças em seu formato, segundo o sócio-diretor do Instituto Wladimir Gramacho: “Introduzimos duas grandes mudanças na pesquisa de 2011, ambas relacionadas à estrutura analítica do trabalho. Em primeiro lugar, segmentamos o mercado de trabalho em três grupos: órgãos públicos, empresas brasileiras e empresas estrangeiras com operação no País. Isso nos mostrou claramente uma tendência de sofisticação crescente entre o primeiro e o último grupo. Também procuramos ser mais analíticos e menos descritivos.

Com isso, arriscamos algumas hipóteses sobre certos indicadores. Por exemplo, o fato de que os gestores de comunicação das empresas brasileiras e de capital estrangeiro estão dando maior prioridade aos eventos. Entendemos que isso é uma resposta à relação superficial e dispersiva que se estabelece nas redes  sociais”. O resultado da pesquisa está disponível no www.mapadacomunicacao.com.br.

Fonte: Jornalistas&Cia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.