Pesquisa aponta crescimento da comunicação corporativa

Uma pesquisa feita pelo Ibope Solution, sob encomenda da FSB, revela que a área de comunicação corporativa ganhou status no Brasil, está cada vez mais próxima do alto escalão das empresas e comprometida com os resultados dos negócios, além de ter importância estratégica para a reputação das organizações. Realizada em maio passado com 100 das 1.000 maiores empresas do Brasil listadas no Guia Exame Melhores e Maiores de 2005, a Pesquisa FSB/Ibope Solution apontou como principais resultados que 57% dos departamentos de comunicação daquela amostra respondem diretamente ao principal executivo ou presidente; que os investimentos cresceram em média 19% em relação a 2005 em 45% das empresas consultadas; que, do total pesquisado, 41% devem manter o mesmo patamar orçamentário de 2005 e 14% o reduzirão, em média, 22,5%; e que as perspectivas são otimistas para 2007: 48% das companhias prometem ampliar ainda mais esses investimentos. A FSB também reproduziu no Brasil o estudo Reputação e Imagem – os maiores riscos,  realizado pela Economist Intelligence Unit, em que fica patente a importância estratégica da comunicação. Tendo ouvido 269 executivos de organizações mundiais, esta outra pesquisa mostra que os riscos com a reputação ocupam o 1º lugar na lista de preocupações dos executivos, seguidos de questões regulatórias, trabalhistas e tecnológicas. As ameaças financeiras – valor de mercado e crédito – aparecem em 4º e 5º lugares, respectivamente. Mais informações podem ser obtidas no escritório paulista da FSB (11 3061-9596), com Ricardo Meireles (ricardo.meireles@fsb.com.br) ou Rafael Faro (rafael.faro@fsb.com.br).


 


Fonte: Jornalistas&Cia


FONTE: Jormalistas&Cia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.