Em busca de reconhecimento

Presidente diz que meta da Abracom é amadurecer a relação entre agências de comunicação e redações e órgãos governamentais



Há pouco mais de três anos, o diretor da S2 Comunicação, José Luiz Schiavoni, fazia parte de um pequeno grupo de empresários que se reuniam após o expediente para debater sobre os rumos da comunicação empresarial no Brasil.



Na época – não tão distante – a dificuldade era buscar uma identidade comum ao setor. Afinal, colocar sob um mesmo guarda-chuva empresas de relações públicas, comunicação empresarial e assessorias de imprensa, e encontrar um ponto comum entre elas era uma das condições para o nascimento da primeira entidade para a classe.



Quando fala sobre o surgimento da Abracom (Associação Brasileira das Agências de Comunicação), Schiavoni não deixa de citar o profissionalismo como ingrediente essencial para a sobrevivência da associação desde a sua concepção. "Pensávamos que a idéia só daria certo com uma infra-estrutura profissional para representar o setor", diz o empresário, que deixou o cargo de diretor de expansão e mobilização para assumir a presidência da entidade em meados de abril.



Com 140 associados, a Abracom pretende amadurecer a relação entre agências de comunicação e sociedade, passando pelas redações e órgãos governamentais.



Clique aqui para ler a entrevista completa, concedida ao Portal da Comunicação






FONTE: Portal da Comunicação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.