Anuário Mega Brasil traz indicadores do setor, nova campanha da Abracom sobre concorrências privadas e artigo de Claudia Rondon

O setor de comunicação corporativa registrou faturamento de R$ 2,53 bilhões no ano passado, superando a marca de R$ 2,37 bilhões em 2015. O resultado faz parte da Pesquisa Mega Brasil com Agências de Comunicação 2017, divulgada nesta terça-feira com o lançamento do Anuário da Comunicação Corporativa 2017.

O resultado tímido pode ser considerado positivo quando considerada a conjuntura econômica do país, que afetou vários setores negativamente. O resultado ganha ainda mais relevância quando colocado em perspectiva histórica. O setor triplicou de tamanho em dez anos. Em 2006, o faturamento das agências brasileiras era estimado em R$ 850 milhões.

A pesquisa detectou que o ambiente de crise serviu de oportunidade para agências de comunicação. Com o tema principal “Negócios em expansão – Fim das fronteiras acelera transformação do setor”, o anuário destaca que movimentos estruturais estão promovendo a união de ferramentas tradicionais de publicidade e marketing com atividades de comunicação corporativa.

Pela primeira vez, a publicação trouxe o Índice de Confiança do Empresário da Comunicação Corporativa (ICECC), que indica otimismo moderado entre os empresários.

O anuário traz anúncio da Abracom com 10 passos recomendados para contratação de serviços de comunicação. A publicação marca o início de ação da entidade para discutir com o mercado mecanismos para promover boas concorrências.

A publicação conta também com artigo da presidente do conselho diretivo da Abracom, Claudia Rondon, sobre o projeto Aqui Tem Comunicação Corporativa, que destaca cases bem-sucedidos de agências de comunicação corporativa.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.