Abracom realiza pesquisa para levantar os principais problemas das concorrências privadas

Participação de sua agência é muito importante

Falta de clareza nos briefings? Pedidos de projetos excessivamente detalhados? Finalização da concorrência sem follow up com os participantes? Quais são os principais problemas enfrentados pelas agências nos processos de concorrências privadas para contratação de serviços de comunicação? É o que a Abracom quer saber em pesquisa inédita feita em sua base de associados. As respostas vão nortear a produção do “Concorrência Legal”, um manifesto com indicação de boas práticas de concorrências a ser distribuído para clientes, mesas de compras e amplamente difundido no mercado. Trata-se de uma nova etapa do projeto para aperfeiçoamento das concorrências, iniciado com a redação conjunta do Guia de Serviços e Boas Práticas em Contratação de Serviços de Comunicação, editado em conjunto com a ABA – Associação Brasileira de Anunciantes, que você encontra aqui. “Agora, queremos mapear aqueles pontos mais sensíveis e que sempre se repetem em concorrências”, diz Claudia Rondon, presidente da entidade.

A pesquisa estará aberta a partir de 12 de janeiro e será concluída no dia 17 de janeiro. Para participar, clique aqui e indique em até 3 linhas até 5 problemas recorrentes em concorrências, desde que não estejam relacionados a precificação. “Formação de preços é parte da estratégia de cada empresa e a associação não pode interferir nesses casos, para evitar qualquer suspeita de formação de cartel”, diz Carlos Carvalho, presidente-executivo da Abracom. Os problemas apontados pelos associados serão analisados pela consultoria jurídica da entidade e por um especialista em processos de compras de comunicação e farão parte de um documento que será lançado pela Abracom em 16 de fevereiro, após consulta aos associados e decisão final da diretoria.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.