As agências de comunicação ainda sentem a crise dos anos anteriores, diz especialista

O jornalista Mario Ernesto Humberg, presidente da CL-A Comunicações, empresa de Relações Públicas, afirma que as agências de comunicação do Brasil ainda sentem o impacto da crise mundial que atingiu o setor nos dois últimos anos. De acordo com ele, com a crise financeira iniciada em 2008 fez os investimentos em agências de comunicação cair cerca de 50%.


 


“A partir da crise de 2008, o mercado se tornou mais difícil, porque muitas agências perderam contas ou tiveram redução de fee (taxas).  Algumas empresas optaram, inclusive, por pagar a metade do que vinham pagando para as agências de comunicação”, disse Humberg, em entrevista ao do jornalista Rodrigo Capella.


 


O presidente da CL-A ainda disse que essa crise que atingiu o setor de comunicação corporativa resultou em uma competição maior entre as empresas, além de fazer com que os “clientes se sentiram no direito de pedir mais do que vinham recebendo”. E lamentou que essa situação não tenha se revertido.


 


“Essa situação, em minha opinião, ainda não se reverteu, já que a briga por preço aumentou muito, diminuindo a rentabilidade de muitas agências”, afirmou.


Fonte: Comunique-se

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.