Comunicação Interna e Gestão de Pessoas

Claudia Cezaro Zanuzo*


Cyra Morato** 


Marcia Glogowski***


 


Nós, profissionais de comunicação filiados à Associação Brasileira das Agências de Comunicação – Abracom, iniciamos um trabalho de reconhecimento das relações que se estabelecem dentro das organizações. Nosso interesse é aprofundar o que está ligado ao fluxo das informações e geração de conhecimento, ou seja, ao processo de comunicação empresarial.


 


Um dos primeiros relacionamentos a estudar é o exercido pelos Recursos Humanos, no que diz respeito à gestão de pessoas. Integrar, capacitar, motivar e valorizar são objetivos comuns, tanto do RH quanto da Comunicação. Fazer a direção do que informar, para quem e quando é fundamental no apoio aos objetivos anteriores. Portanto, nestes tempos de redes sociais, em que cada pessoa virou protagonista dos meios de comunicação, quanto mais dados eles tiverem sobre diretrizes, valores e missões da empresa, maiores as chances de toda a equipe usar um discurso único.


 


Se isso é verdade, a quem cabe a responsabilidade de produzir conteúdo para a comunicação interna nas organizações empresariais? Aos jornalistas ou aos profissionais da área de recursos humanos e gestão de pessoas?


 


Para discutir esse tema, a Abracom organizou em 5 de maio um workshop com dois convidados especiais, a jornalista Silvia Candal, responsável pela comunicação interna do Grupo Abril, e o responsável pela Comunicação e Marketing do Grupo CCR, Francisco Bulhões.


 


A apresentação dos dois palestrantes e as perguntas feitas pela plateia levaram a uma conclusão imediata: os profissionais de gestão de pessoas sabem o que precisa ser dito dentro de uma empresa, mas a linguagem e os veículos a ser usados para transmitir sua mensagem são a especialidade dos comunicadores, sejam jornalistas ou relações públicas. Por isso, o caminho é o do consenso: Comunicação e Gestão de Pessoas devem caminhar juntas nessa área. Entretanto, na prática, poucos trabalham com essa sinergia.


 


No workshop, Silvia contou que no Grupo Abril existem duas áreas de Comunicação, uma para a externa e outra para a interna. Esta é ligada ao Departamento de Gestão de Pessoas e as duas áreas tentam trabalhar sempre em conjunto. Como é uma casa de jornalistas, a audiência é crítica por natureza. Mesmo assim, usam-se todos os veículos possíveis e ajuda de endomarketing para comunicar ao público interno o que é notícia dentro da empresa e o que vai ser notícia sobre ela para os outros públicos.


 


No Grupo CCR, contou Bulhões, a responsabilidade pela comunicação interna no centro corporativo é da área de Comunicação e Marketing. Já em algumas concessionárias do grupo, está a cargo da área de Gestão de Pessoas. O maior desafio do Grupo CCR, porém, não tem sido o relacionamento entre Comunicação e Gestão de Pessoas. Como o Grupo é fruto da união de várias empresas, cada qual com sua cultura, o grande desafio foi a padronização dos veículos e a linguagem da comunicação interna. O processo começou em 2008 e levou mais de um ano para ser concluído.


 


As duas empresas, Abril e CCR, são modelo de comunicação organizada, com a firme determinação de informar com prioridade o público interno. Os resultados são perceptíveis. Na CCR, a uniformização dos veículos reduziu custos de produção e logística em uma empresa que tem mais de 6.500 colaboradores em três Estados. Na Abril, empresa com 7 mil colaboradores, um exemplo: a Semana do Conhecimento teve transmissão ao vivo pela intranet, com mais 700 acessos.


 


A comunicação interna desenvolve o sentimento de pertencer à empresa e melhora o ambiente de trabalho. Especialmente se for bem feita, com a colaboração efetiva dos profissionais de Comunicação e Recursos Humanos. É pressuposto de uma boa comunicação conhecer a audiência. O papel do RH é desenhar esse diagnóstico e pôr isso na mão da Comunicação para trabalhar essas mensagens, aprendendo a falar a linguagem dos negócios. Isso vale também para empresas pequenas e médias. Se a empresa não tem recursos internos para isso, a contratação de uma agência de comunicação é uma solução eficiente.


 


*Claudia Cezaro Zanuzo – Diretora de Comunicação da Abracom e coordenadora do Grupo de Comunicação Interna, é arquiteta com especialização em marketing Pleno e sócia da KlaumonForma Comunicação


 


*Cyra Morato – Integrante do Grupo de Comunicação Interna da Abracom, é relações públicas e diretora de Atendimento da Casa do Cliente Comunicação – São Paulo


 


*Marcia Glogowski – Integrante do Grupo de Comunicação Interna da Abracom, é jornalista e relações-públicas e diretora de Atendimento da RP1 Comunicação


 


 



 


FONTE: Abracom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.