FEAC apresenta tema para 12ª edição do Prêmio de Jornalismo

 


Lançado em 30 de junho, o tema da 12ª edição do Prêmio FEAC de Jornalismo traz como proposta o assunto “Educação: a sociedade conhece o cenário da rede pública de ensino?” que deve movimentar e envolver jornalistas para que desenvolvam materiais que, em consonância com a proposição, destaquem tais aspectos da realidade social em todo o território do Estado de São Paulo.


A educação enquanto temática que mais uma vez é trabalhada no Prêmio FEAC de Jornalismo tem sido evidenciada pela Fundação FEAC que, desde a década de 90, tem empreendido novos projetos e iniciativas que procuram responder aos desafios gerados pelo aprofundamento da crise social no Brasil. Como prioridade número um, foi escolhido o incentivo a ações direcionadas para a conquista de um sistema de Educação amplo e com qualidade, que sirva de base à construção de uma cidadania ativa e responsável. Assim a FEAC enquanto agente eficaz do terceiro setor na articulação e interface entre os setores entrou como parceira incubadora do Compromisso de Campinas pela Educação, lançado em novembro de 2007.


O objetivo com o tema proposto na 12ª edição do Prêmio FEAC de Jornalismo é fomentar profissionais interessados em participar da iniciativa a produzirem matérias que evidenciem os desafios da educação nas redes públicas de ensino. Com isso a intenção é permitir que a sociedade conheça a realidade do universo de escolas públicas e se torne mais um elemento aglutinador na busca por coesão de esforços em prol da melhoria deste cenário. É esperado ainda que famílias com crianças e adolescentes matriculados na rede pública de ensino sejam devidamente informadas a respeito da realidade deste segmento.


Cientes do quadro, as famílias estarão preparadas para, junto do poder público, fazer apontamentos que possam resultar na melhoria da educação. Este processo é chamado de qualificação da demanda.     


Os conteúdos desenvolvidos pelos jornalistas participantes do Prêmio FEAC de Jornalismo 2009 devem destacar aos públicos dos veículos os desafios enfrentados pelas redes públicas de ensino e possíveis soluções que advindas do poder público, da iniciativa privada e/ou da sociedade civil organizada têm como propósito alterar positivamente a realidade.


Dados de impacto como o divulgado em março deste ano pelo IDESP (Índice de Desenvolvimento da Educação de São Paulo) podem vir a ser trabalhados de forma aprofundada e detalhada pelos interessados em concorrer à premiação. A pesquisa mostra que embora tenham sido constatadas melhorias no cenário educacional do Estado de São Paulo, ainda é necessário investir mais esforços para que o desempenho dos alunos seja qualificado e a performance nas avaliações oficiais traduzida em resultados mais animadores.


Quando do lançamento do tema do Prêmio 2009 durante happy hour no Piola Campinas, profissionais da imprensa estiveram presentes e foram sensibilizados a trabalhar materiais para que leitores, ouvintes e espectadores conheçam a realidade do sistema público de ensino. A expectativa é que uma vez cientes da desafiante condição os cidadãos possam mobilizar-se para contribuir com possíveis melhorias e somar esforços junto aos órgãos que têm a competência de efetivamente promover adequações.  


O Prêmio Fundação FEAC de Jornalismo é promovido anualmente com o patrocínio máster da CPFL Energia e apoio especial do Grupo DPaschoal. Esta edição de 2009 conta ainda com apoios do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo – regional Campinas, Associação Campineira de Imprensa (ACI) e Abracom – Agência Nacional de Agências de Comunicação.


 


Edição 2009


Promovido desde 1998, o Prêmio Fundação FEAC de Jornalismo tem como objetivo central incentivar e contemplar os esforços dos profissionais de Imprensa e dos meios de comunicação em abordar os diversos aspectos da realidade social.


 


Como forma de reconhecer o trabalho e a força da imprensa no Estado de São Paulo, o 12º Prêmio Fundação FEAC de Jornalismo distribuirá R$25mil em prêmios através de seis categorias e uma premiação especial*:


Mídia Impressa – R$ 3.500,00.


Rádio – R$ 3.500,00.


Televisão – R$ 3.500,00.


Cinegrafista – R$ 3.500,00.


Fotojornalismo – R$ 3.500,00


House Organ  – R$ 3.500,00


* Grande Prêmio Fundação FEAC-CPFL de Jornalismo – R$ 4.000,00.


 


Todos os trabalhos vencedores nas seis primeiras modalidades citadas acima concorrem ao prêmio especial que é destinado ao melhor produto jornalístico do ano, independentemente da categoria. O profissional que vence o Grande Prêmio Fundação FEAC-CPFL de Jornalismo soma R$4mil ao valor já garantido quando da conquista na categoria específica. O autor do melhor trabalho do ano sai então da cerimônia de premiação, a realizar-se em 03 de dezembro, com R$7,5mil.


Os candidatos interessados deverão preencher ficha de inscrição e encaminhar trabalhos até o dia 05 de outubro de 2009 para a Secretaria do Prêmio, no Departamento de Marketing da organização (Rua Odila Santos de Souza Camargo, 34 – Jardim Brandina – Campinas/SP – CEP 13.092-540). Serão aceitos materiais publicados e/ou divulgados por veículos de comunicação no período de 1o de outubro de 2008 a 02 de outubro de 2009.


Ainda na edição 2009 do Prêmio Fundação FEAC de Jornalismo será concedido o Troféu FEAC-DPaschoal Jornalista Solidário que nos anos ímpares é outorgado ao profissional que tenha dedicado grande parte de sua trajetória em nome de causas sociais.


FONTE: Abracom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.