Governo e indústria apostam nas ferramentas comunicação organizacional

Encontro em Brasília reuniu CNI e SECOM

A Abracom realizou na quarta-feira, 11 de maio, em Brasília, o 5º Encontro de Comunicação Corporativa, com o tema Agências de Comunicação, Governo e Setor Privado: caminho de parceria. Cerca de 50 profissionais de comunicação estiveram no auditório da Confederação Nacional da Indústria, para conhecer as estratégias de comunicação da CNI e da SECOM, Secretaria de Comunicação do Governo Federal. O evento foi aberto pelo superintendente corporativo do sistema CNI, Antônio Carlos Brito Maciel e por Hélio Garcia, presidente da PR Newswire do Brasil, patrocinadora dos Encontros de Comunicação Corporativa.

Em seguida, o presidente da Abracom, José Luiz Schiavoni, apresentou aos participantes um histórico da atuação e da presença da entidade no mercado nacional. E ressaltou a importância de iniciativas de parceria do governo com o segmento privado no campo da comunicação. Também lembrou que os governos, em geral, ainda contratam de forma precária e inadequada os serviços de comunicação. “É preciso criar um marco legal de licitações específicas para o setor de comunicação, sem o uso de empresas que ficam limitadas a meras fornecedoras de mão-de-obra”, afirmou Schiavoni. E completou, mostrando que as agências brasileiras têm um grau de desenvolvimento que permite oferecer a seus clientes, sejam da iniciativa privada ou de governos e instituições, estratégias de comunicação e ferramentas para sua implementação.

O coordenador de comunicação do sistema CNI, Edgar Lisboa, fez a seguir uma apresentação do trabalho de comunicação desenvolvido no âmbito da confederação que reúne as federações de indústria de todo o país e também os centros de indústria e o sistema Sesi/Senai. Lisboa mostrou aos presentes um projeto de comunicação estruturado para atender às necessidades de um sistema que está presente em todo o território nacional. Destacou projetos como a rádio e a TV indústria, destinadas a fornecer informações de qualidade para os veículos de comunicação. E mostrou dados que revelam projeção de crescimento médio de 7% dos investimentos do setor industrial em comunicação corporativa no ano de 2005. “A comunicação organizacional é tratada como estratégica e fundamental para os objetivos do sistema CNI”,  afirmou.

As possibilidades de atuação conjunta do segmento de comunicação corporativa e do governo foram tema central da palestra de Silvia Sardinha, diretora da SECOM – Secretaria de Comunicação do Governo Federal. Ela mostrou o projeto que foi recentemente estruturado pela equipe do ministro Luís Gushiken, para a adoção de uma estrutura semelhante à da Parceria Público-Privada no campo da comunicação, seja organizacional ou publicitária. Sardinha mostrou como exemplo a iniciativa da campanha “O Melhor do Brasil é o Brasileiro”, desenvolvida pela Associação Brasileira de Anunciantes – ABA, em conjunto com a SECOM e diversos segmentos da sociedade. Ela mostrou que iniciativas como essa podem ser repetidas em projetos de interesse social. E também revelou que a SECOM, em seu plano estratégico, tem por objetivo dar maior relevo à presença das ferramentas de comunicação organizacional no trabalho de comunicação de governo.

No debate que se seguiu após as palestras, houve questionamentos sobre o real valor dado pelos governos, ao longo das últimas décadas, para o trabalho de comunicação organizacional. A diretora da SECOM reconheceu que há um direcionamento prioritário para a publicidade. Mas convidou o setor de comunicação, representado pela Abracom, para um encontro com os assessores de comunicação do governo federal,  ainda neste ano, visando estruturar um amplo debate sobre o tema.

Encontros de Comunicação

O Encontro de Comunicação Corporativa realizado em Brasília abriu a série de eventos em 2005. Para os próximos meses estão programados mais três encontros em São Paulo. A série tem o patrocínio da PR Newswire do Brasil (www.prnweswirebrasil.com.br). Os encontros promovem a reflexão sobre os principais temas do setor de comunicação organizacional, reunindo profissionais das agências, empresários do setor, jornalistas e profissionais de comunicação e executivos das empresas dos diversos segmentos econômicos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.