Ato público pela paz lembra um ano do seqüestro de Ivandel Godinho

Manifestação reuniu cerca de 400 pessoas em São Paulo



Mais de 400 pessoas fizeram na manhã do dia 22 de outubro, sexta-feira, um ato público marcado pela emoção e pela esperança de uma resposta para o desaparecimento de Ivandel Godinho Júnior, seqüestrado há exatamente um ano quando saía de sua empresa, a In Press Porter Novelli, para uma reunião de trabalho.



O caso, ainda sem solução, é o mais longo registrado no Brasil e as investigações não são conclusivas. Os manifestantes vestiram camisas brancas, pela paz, com mensagens pelo fim da violência, por justiça social e fim das desigualdades na sociedade brasileira. A concentração, iniciada na av. Brigadeiro Faria Lima, diante do escritório da In Press, seguiu até a praça Morungaba, próxima do local do seqüestro. Lá, um telão exibiu mensagens do ator Osmar Prado, do ministro da cultura Gilberto Gil e um spot em homenagem a Ivandel, feito pelo publicitário Washington Olivetto, também ele vítima de seqüestro. No telão também foram exibidas imagens de Ivandel Godinho.



O filho do jornalista, Hugo, leu mensagem da família. Ressaltou que os familiares e amigos de Ivandel querem uma solução para o caso, e que lutam por uma sociedade mais justa, mais fraterna em que ?todos tenham direito de ir e vir?. A mulher de Ivandel, Kiki Moretti, sócia da In Press Porter Novelli, emocionada, agradeceu à mobilização, que reuniu centenas de pessoas de diversas atividades profissionais.



A campanha para que o seqüestro de Ivandel Godinho Júnior tenha uma investigação que leve a uma resposta continua. Para se informar, participar ou manifestar apoio, visite o site www.ivandelgodinho.com.br.



A Abracom, que teve Ivandel como seu vice-presidente na primeira gestão, apóia a campanha, que conta com a mobilização de seus mais de 170 associados em todo o país. No ato, o presidente da Abracom, José Luiz Schiavoni, além de diretores e diversos associados, levaram aos familiares e colegas de Ivandel, a mensagem de solidariedade dos profissionais de comunicação corporativa.



Clique aqui para ver as fotos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.