Agências de comunicação na Argentina encolheram 50% nos últimos dois anos de crise

   

   

A falta de perspectiva social, política e econômica gerada pela crise que assolou a Argentina nos últimos dois anos afetou diretamente as agências de comunicação do país. "Houve redução de 50% no quadro de funcionários ocasionada pela perda de clientes e prospects. Hoje, a Argentina conta com apenas 50 agências de grande e médio porte", explicou Carlos Mazalán, palestrante que inaugurou a série de encontros virtuais Abracom World Connection, promovido pela Associação Brasileira das Empresas de Comunicação ? Abracom.   

   

Neste cenário, os clientes que utilizam serviços de comunicação foram afetados pela falta de recursos, levando a uma grande insegurança sobre como expor suas marcas. Paralelamente, as demissões em massa nas empresas de comunicação tais como jornais, revistas, televisão e rádio fizeram aumentar o número de jornalistas autônomos que passaram a atuar como assessores de imprensa em suas casas. A diminuição do valor dos fees foi conseqüência imediata desta situação"    

   

Mazalán, que é presidente da Mazalán Comunicaciones e diretor da Associação das Agências de Comunicação argentinas afirmou que enquanto o trabalho das asssessorias de imprensa diminuiu , houve um sensível aumento da demanda dos serviços como RP. "Ampliamos nosso leque de serviços, estimulando a criatividade dos funcionários, que hoje precisam atuar com ferramentas de marketing, jornalismo, RP. Nosso serviço ficou mais complexo", explica Mazalán.    

   

Participaram do evento empresas como Ketchum Estratégia, CDN, Bansen & Associados, Trama Comunicação, Fundamento Comunicação Empresarial, Hartz Comunicação, ICL Brasil/CASA, Máquina da Notícia, Lide Comunicação, entre outras, que com a tecnologia de audiconferência, disponibilizada nesta primeira palestra pela empresa Conference Call do Brasil, puderam acompanhar a apresentação em PowerPoint realizada por Mazalán e fazer perguntas como se estivessem reunidos em um auditório.   

   

Presente ao encontro, a diretora de redação da ICL Brasil/Grupo CASA, Denise Barbosa, salientou a importância da troca de experiências entre agências de comunicação de vários países, como forma de aperfeiçoar o atendimento de contas de empresas multinacionais. Marta Dourado, diretora da Fundamento Comunicação Empresarial, salientou que o formato adotado para a palestra é prático para correria do dia-a-dia, permitindo uma participação maior, que seria complicada se fosse preciso se deslocar até um auditório.   

   

"A primeira palestra virtual realizada pela Abracom foi uma experiência muito interessante pela possibilidade de acompanhar o discurso em PowerPoint, receber antecipadamente o currículo do palestrante, sendo realizada de forma clara, prática e organizada", completa a sócia-diretora da Lide Comunicação, Célia Romano.   

   

"O Abracom World Connection acontecerá mensalmente, primeiramente com agências latino-americanas e, numa segunda fase, com agências norte-americanas e européias, já que a tecnologia de audioconferência permite aos interessados trocar informações com qualquer lugar do mundo e se reciclar em tempo real sem gastar muito tempo e poupando muito dinheiro" comenta Sandra Sinicco, diretora de Relações Internacionais da Abracom e presidente do Grupo CASA. O próximo encontro está pré-agendado para o dia 14 de maio, com representante das agências de comunicação do México.    

   

   

   

   

   

Mais informações:   

   

www.iclbrasil.com.br   

   

Simone Camacho   

   

Jornalista   

   

55 11 3821-6932   

   

simone@casapar.com.br   

   

   

   

   

   

   

   

Responder |Responder a todos |Apagar | Encaminhar | Filtro anti-spam    

   

   

Fechar Próxima msg Exportar Mover para Entrada Enviadas Lixeira Rascunhos    

   

   

   

   

Atenção: a senha do assinante do UOL é secreta. Nenhum funcionário do UOL está autorizado a solicitá-la.    

© 1996-2003 UOL – O maior serviço online da América Latina. Todos os direitos reservados.    

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.