Abracom e outras entidades de comunicação enviam manifesto para aprovação imediata da MP que adia vigor da LGPD

Na última segunda-feira, 20, 14 organizações de comunicação enviaram manifesto para o deputado federal Damião Feliciano (PDT-PB), relator da MP 959/2020. De acordo com a Medida Provisória, a vigência da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) prevê adiamento para 3 de maio de 2021. 

As entidades apoiam a LGPD e defendem que antes da legislação entrar em vigor, é preciso instalar a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD).

As organizações que assinam o manifesto são:  Associação Brasileira de Agências de Publicidade – ABAP, Associação Brasileira de Marketing de Dados – ABEMD, Associação Brasileira das Empresas de Pesquisa – ABEP, Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão – ABERT, Associação Brasileira das Agências de Comunicação – ABRACOM, Associação Brasileira de Agentes Digitais – ABRADI, Associação Brasileira das Relações Empresa Cliente – ABRAREC, Associação Brasileira de Rádio e Televisão – ABRATEL, Associação de Marketing Promocional – AMPRO, Associação Nacional de Editores de Revistas – ANER, Associação Nacional dos Jornais – ANJ, Associação dos Profissionais de Propaganda – APP, Confederação Nacional da Comunicação Social – CNCOM, Federação Nacional das Agências de Propaganda – FENAPRO.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.