Redes sociais devem ser usadas para prevenção de crises

Em curso da Abracom, Carol Terra defende um papel estratégico para as mídias sociais


A Abracom promoveu o encontro em que Carolina Frazon Terra ministrou o curso “Planejamento de comunicação aplicado às mídias sociais”, em São Paulo. O desejo de oferecer um serviço completo e planejado aos seus clientes motivou profissionais de comunicação a se reunirem no dia 18 de janeiro, investindo oito horas em se preparar melhor para a dinâmica das mídias sociais.

Dentre outros problemas a serem solucionados em relação ao uso corporativo das redes sociais, foram identificados a falta de profundidade, de técnica, de um conteúdo preparado exclusivamente para a mídia social a ser usada e, principalmente, a vulnerabilidade que tem uma empresa que está online. Carol Terra defende o monitoramento das redes sociais como forma de evitar crises de imagem, afinal é na Internet que o consumidor se mostra mais exigente e com mais ferramentas para fazer seu pensamento chegar a mais pessoas. “É preciso trabalhar na prevenção de crises, não só em seu gerenciamento”, disse a professora.

O enfoque no diagnóstico prévio da marca e de seu público foi um dos pontos mais reforçados no curso, assim como a possibilidade de uso do público interno como piloto na entrada em mídias sociais. O preparo deste mesmo pessoal é fundamental para que nem mesmo executivos possam gerar uma crise de imagem. Carol Terra finalizou o dia com a formação de grupos para o debate de alguns cases reais e de sua soluções, onde os comunicadores puderam não só colocar em prática todo o curso como também estimularam a própria criatividade à frente de um desafio.

Carolina Frazon Terra é formada em Relações Públicas pela UNESP de Bauru, doutora e mestre em Interfaces Sociais da Comunicação, ambas pela USP. É autora do livro Blogs Corporativos e editora do blog RPalavreando (http://rpalavreando.com.br). O curso “Planejamento de comunicação aplicado às mídias sociais” terá nova edição no dia 16 de fevereiro, para dúvidas ligue para (11) 3079-6839 ou mande e-mail para contato@abracom.org.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.