Abracom promove workshop sobre trabalho em home Office

Curso abordará aspectos legais, de planejamento, logística e comunicação interna na adoção do trabalho a distância

Sua agência já pensou em adotar o trabalho a distância? Colocar profissionais em regime de home office pode ser vantajoso? Como dimensionar o trabalho em casa e conciliar com as necessidades de atendimento ao cliente? Quem pode ser colocado em teletrabalho em sua agência? Estas e outras questões a respeito do tema poderão ser esclarecidos no 1º Workshop Abracom sobre Trabalho a Distância, que será realizado no dia 11 de agosto de 2011, das 9h00 às 17h00, no Spazio JK, que fica na av. Presidente Juscelino Kubistchek, 1726, no Itaim Bibi, em São Paulo. O curso será ministrado pela equipe da Sobratt – Sociedade Brasileira de Teletrabalho e Teleatividades e é destinado a sócios-diretores, gestores financeiros e administrativos e profissionais de recursos humanos das agências de comunicação. O valor das inscrições varia de R$ 550,00 a R$ 1.000,00 (veja tabela abaixo) e inclui material da apresentação, coffe break e almoço.

A equipe da Sobratt desenvolveu conteúdo específico para agências de comunicação corporativa, com estudo das diversas funções exercidas em empresas da área. Por isso, o curso poderá sanar as dúvidas de empresários e gestores a respeito das vantagens e riscos de adotar o trabalho a distância. Além de trazer noções de como o teletrabalho pode ser implantado do ponto de vista da logística, da comunicação dos profissionais com a sede da agência, do custo para sua implantação e do controle de horas trabalhadas e funções executadas.

O teletrabalho é uma tendência cada vez mais presente nas empresas, especialmente nas grandes cidades.Dados da ABRH indicam que o número de profissionais em home office cresce cerca de 5% ao ano. É uma forma de permitir a profissionais que podem fazer seu trabalho a distância que deixem de enfrentar o trânsito. E, para a empresa, uma economia de custos com estrutura no escritório, em um período no qual o metro quadrado dos conjuntos comerciais, tanto para venda quanto para locação, atinge níveis recordes.

O curso tem vagas limitadas. Reserve a sua ainda hoje. Veja a tabela de preços, por pessoa:

Faixa

Faturamento anual

Investimento

A

Até 700 mil

R$   550,00

B

Mais de 700 mil a 1,2 mi

R$   600,00

C

Mais de  1,2 mi a 3 mi

R$   650,00

D

Mais de 3 mi a 5 mi

R$   700,00

E

Mais de 5 mi a 10 mi

R$   750,00

F

Mais de 10 mi a 20 mi

R$   800,00

G

Acima de 20 mi

R$   850,00

Não associada

R$ 1.000,00

A partir da segunda inscrição de uma mesma agência, será concedido desconto de 20%. Para inscrições de fora da Grande São Paulo, exclusivamente para associados, será concedido desconto de 40%.

Inscrições e informações pelo telefone (11) 3079.6839 ou pelo e-mail contato@abracom.org.br.

Sobre a Sobratt:

Fundada em 1º de setembro de 1999 por um grupo de acadêmicos e profissionais que tinham em comum o interesse e estudo do tema teletrabalho, a Sobratt tem por missão “Promover o trabalho a distância em todas as suas formas e aplicações (…) visando estabelecer um maior equilíbrio entre o mundo contemporâneo, a tecnologia, o meio-ambiente, a qualidade de vida e a inclusão social”. Desde então, tem realizado e sediado vários eventos nacionais e internacionais com o teletrabalho como foco, apresentado palestras e feito contatos com as mais diversas entidades públicas, privadas e não-governamentais com o objetivo de esclarecer dúvidas, estimular a adoção e fomentar a regulamentação legal dessa forma de trabalho.

Sobre os instrutores:

Alessandra Vernier

Advogada formada pela PUC-RS em 1997, especializada em Contratos e Responsabilidade Civil pela UFRGS e MBA em Business Law pela FGV (RS). É membro da Sociedade Brasileira de Teletrabalho e Teleatividades – Sobratt, desde 2009, que representa como Diretora de Assuntos Legais. Sócia da Fehlauer & Vernier Advogados Associados, escritório com sede em Porto Alegre/RS e focado em Direito Empresarial

Ana Manssour

Graduada em Comunicação Social com habilitação em Relações Públicas pela PUC/RS e Mestre em Administração com ênfase em Organização pela UFRS, estuda o teletrabalho desde 1998 e defendeu a dissertação de mestrado em 2001 com o tema “Análise do Impacto do Teletrabalho em uma Empresa Jornalística“. Atualmente é vice-presidente da Sociedade Brasileira de Teletrabalho e Teleatividades – Sobratt, da qual é membro desde 2000 e onde já atuou como diretora de comunicação, diretora executiva e presidente. Integra o grupo de excelência Convergência Tecnológica e Mobilidade Corporativa do CRA-SP. Empresária, desenvolve suas inúmeras atividades como teletrabalhadora há mais de 10 anos.

Lila Muylart

Analista com formação em Economia pela UFRJ, pós-graduação em Análise e Projeto de Sistemas pelo IBAM/RJ e especialização em Organização pela Fundação Getúlio Vargas/RJ. Atuando na sede do Serviço Federal de Processamento de Dados – SERPRO desde 1998, participou da organização da implantação de diversos projetos estratégicos na empresa, em especial, trabalhou diretamente na implantação do teletrabalho, que tornou o SERPRO a primeira empresa pública a implantar esta modalidade no Brasil. Nesse projeto, foi responsável pela criação e coordenação do Programa de Capacitação do Teletrabalhador e do Telegerente. É membro da Sociedade Brasileira de Teletrabalho e Teleatividades – Sobratt desde 2006.

Plínio Sérgio de Cerqueira Leite

Administrador de Empresas pela PUC/SP com extensão em Controladoria pela ADIFEA/USP. Foi Controller, Diretor Administrativo-Financeiro e Diretor Superintendente, tanto em regime CLT quanto regime interino (Interim Management), em empresas de destaque no mercado. Como empreendedor, foi sócio-gestor da Task Force (Grupo Gelre) e atualmente é sócio da CL Executive Search & Interim Management, empresas especializadas na linha de executive search, head hunting e interim management. Seu primeiro exercício de teletrabalho se deu em 1998, quando precisava entregar a implantação de um modelo de Stock Options para o grupo em que trabalhava. Desde 2004, ele e sua equipe de atuam dentro do conceito de teletrabalho.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.