Sebrae vai aplicar R$ 800 milhões em projetos de inovação

Presidente da instituição, Luiz Barretto, diz que é preciso elevar a participação das micro e pequenas empresas no PIB nacional


 


Para promover a inovação dos pequenos negócios, o Sebrae vai aplicar nos próximos três anos cerca de R$ 800 milhões. A instituição vai bancar entre 85% e 90% dos custos e as empresas bancarão a diferença. A afirmação foi feita pelo presidente da instituição, Luiz Barretto, durante o XXIII Fórum Nacional, na terça-feira (17), no Rio de


Janeiro.


 


Segundo Barretto, a proposta é elevar a competitividade e produtividade das empresas para que elas possam concorrer com os produtos chineses. Ele ressaltou ainda que os pequenos negócios representam 99% do total de empresas e respondem por mais de 50% da contratação da mão de obra formal. No entanto, participam apenas com 20% do Produto Interno Bruto), metade do percentual dos países desenvolvidos e perde até em comparação com a Argentina e o Chile.


 


“Não há como planejar o futuro sem pensar na inclusão das empresas deste porte. A inovação, que não é apenas tecnológica, mas de gestão, é um tema fundamental, e o


Sebrae tem uma agenda vinculada a este tema para aumentar a competitividade e produtividade. A meta deste ano é atingir cerca de 30 mil empresas com processos de inovação”.


 


O presidente do Sebrae também destacou o trabalho que está sendo desenvolvido para que as MPE se preparem para aproveitar as oportunidades proporcionadas com a Copa do Mundo e a Olimpíada. “A metodologia poderá ser aplicada em outras áreas como a construção de hidrelétricas e pré-sal. O empreendedorismo pode ser uma porta importante para reduzir desigualdades”.


 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.