26 de abril – Dia Nacional de Combate à Hipertensão Arterial

Doença é a principal causa de AVC e insuficiência cardíaca


 


Estima-se que 20% da população brasileira adulta seja hipertensa. O uso contínuo de ácido acetilsalicílico pode prevenir as complicações da hipertensão arterial, especialmente em idosos.


 


No próximo dia 26, terça feira, é o Dia Nacional de Combate à Hipertensão Arterial, hoje considerada a doença cardiovascular mais frequente na população, especialmente em idosos. Além de ser a principal causa de acidente vascular cerebral (AVC, conhecido como derrame cerebral), a hipertensão arterial está diretamente relacionada ao infarto do miocárdio (ataque cardíaco) e à insuficiência cardíaca (falência do coração ao bombear sangue). Segundo o Dr. Jairo Lins Borges, cardiologista do Instituto Dante Pazzanese, de São Paulo, o número atual de hipertensos no mundo já na faixa de um bilhão de casos e cerca de 20 % da população brasileira tem a doença.


 


Dentro desse contexto, a Aspirina Prevent® (ácido acetilsalicílico, da Bayer HealthCare Pharmaceuticals) desempenha um importante papel na prevenção de complicações cardiovasculares no hipertenso, especialmente nas pessoas acima de 70 anos. “Nessa faixa etária, o risco de doenças cardiovasculares aumenta significativamente e, quanto maior o risco, maior o benefício do tratamento” sustenta Dr. Jairo. “Entre os pacientes com prevenção secundária, ou seja, os que já têm doenças cardiovasculares estabelecidas (AVC, angina, infarto do miocárdio), o uso de Aspirina Prevent® é obrigatório para reduzir o risco de complicações graves. E em pacientes hipertensos, em prevenção primária, o uso do medicamento deve ser contínuo”, afirma o especialista.


 


Mais de 70% das pessoas acima de 70 anos têm hipertensão arterial, mas é possível que a verdadeira proporção esteja subestimada, pois muitos pacientes não têm o diagnostico correto. Diabetes, sedentarismo, obesidade, estresse emocional, uso abusivo de sal e herança genética são os fatores que mais contribuem para o desenvolvimento de hipertensão arterial. “Para se prevenir da patologia basta abusar dos hábitos saudáveis, não consumir álcool em excesso, perder peso, fazer atividade física regularmente e visitar o médico periodicamente”, completa o cardiologista.


 


De acordo com o Dr. Jairo, a Aspirina Prevent® é o antiplaquetário de primeira escolha para pacientes que já têm doença cardiovascular. “O único cuidado adicional em relação ao ácido acetilsalicílico é que o paciente precisa estar com a pressão arterial controlada para usar esse tipo de medicamento e obter o máximo de benefícios desse agente”, assegura o médico.


 


Sobre a Bayer HealthCare Pharmaceuticals


A Bayer Schering Pharma (BSP), que agora se chama Bayer HealthCare Pharmaceuticals, reúne 38 mil funcionários, em mais de 150 países e está entre as 10 maiores corporações de especialidades farmacêuticas do mundo com faturamento anual superior a €10 bilhões. A Bayer HealthCare Pharmaceuticals é formada pela união mundial da Bayer e da Schering AG, oficializada em 2006. A unidade brasileira é a sua maior subsidiária na América Latina. A atuação no Brasil contempla diferentes áreas de negócio: Saúde Feminina, Medicina Especializada, Medicina Geral e Diagnósticos por Imagem.


 


Fonte: Maxpress


 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.