Vencedores do Prêmio FEAC de Jornalismo 2010 são revelados

O anúncio dos três profissionais de imprensa que neste 2010 foram eleitos vencedores do 13º Prêmio FEAC de Jornalismo foi feito na noite do dia 02 de dezembro, no Espaço Cultural da CPFL Energia, durante cerimônia de premiação da iniciativa. O Prêmio, promovido pela Fundação FEAC desde 1998, se propõe a reconhecer a força da imprensa, especialmente no interior paulista.


 


A jornalista Milene Moreto, do Correio Popular, foi a grande vencedora da edição 2010 da disputa. Concorrendo com a série “Gargalos do Ensino”, a repórter conquistou o primeiro lugar na modalidade Mídia Impressa e ainda o Grande Prêmio Fundação FEAC-CPFL de Jornalismo 2010. Ela levou para casa a quantia de R$7,5mil, resultado da soma dos R$ 4 mil referentes ao Grande Prêmio e R$ 3,5 mil por ter vencido em sua categoria.


 


Na categoria Fotojornalismo o primeiro lugar ficou com Carlos Bassan, do Jornal Metro – que estreou na disputa – que conquistou a premiação com a imagem “Aprendendo o beabá”. O jornalista Márcio Canuto, da Globo São Paulo, foi o vitorioso na modalidade Televisão com a matéria “Vitória de Escola em Santo André”. Cada um deles levou para casa a quantia de R$3,5mil.


 


O tradicional evento foi conduzido pelos jornalistas Ivan Moré e Natália Ariede, ambos da Rede Globo São Paulo, que na ocasião assumiram o posto de mestres de cerimônia. Na solenidade, além da clássica entrega das premiações aos vencedores e serviço de coquetel, houve música ao vivo com a cantora Bruna Volpi e ainda sorteio de um final de semana, com direito a acompanhante e todas as refeições inclusas, cortesia do Royal Palm Plaza Resort.


 


Exatos 44 trabalhos, publicados e divulgados por veículos de comunicação no período de 03 de outubro de 2009 a 03 de outubro de 2010, foram inscritos na 13ª edição do Prêmio Fundação FEAC de Jornalismo. Os profissionais de imprensa responsáveis pela produção dos materiais em consonância com a temática “Famílias e escolas mobilizam esforços para melhoria do ensino público” tiveram até 15 de outubro último para garantir participação na edição 2010 da premiação.


 


Neste 2010, em caráter de ineditismo, três modalidades – Cinegrafista, Rádio e House Organ – ficaram sem seus respectivos vencedores apontados em razão de não ter havido quantidade mínima de três inscrições por categoria.


 


A edição 2010 do Prêmio Fundação FEAC de Jornalismo conta com o patrocínio máster da CPFL Energia, apoio especial do Grupo DPaschoal e apoios do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Pauloregional Campinas, Associação Campineira de Imprensa (ACI) e Abracom – Associação Brasileira das Agências de Comunicação.


Informações: (19) 3794-3511/3526.


 


 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.