Pérolas das Assessorias: blog deixa de ser temido para ser um auxílio

 


Eduardo Vasques trabalhava na Padrão Editorial como editor das revistas Consumidor Moderno e B2B Magazine, junto com sua colega de trabalho Roberta Salles. Eles recebiam diariamente releases e pautas, rotina de toda redação. Eduardo e Roberta se divertiam com a criatividade dos assessores no desafio de apresentar suas sugestões. As pérolas foram guardadas por eles e, em 2001, Vasques resolveu criar um blog para publicar e mostrar o quanto é excêntrico o mundo dos assessores de imprensa.


Nasce, assim, o Pérolas das Assessorias. “Tudo começou como brincadeira. Eu dava muitas risadas e me perguntava: como um assessor me manda isso? Era um release falando da morte de alguém que ninguém conhecia. Eu era editor de conteúdo voltado para tecnologia”, conta. No começo, o Pérolas tinha um ar de comédia, em que eram publicadas as gafes sérias aos olhos de um jornalista, porém cômicas aos olhos dos leitores.


A brincadeira começou a ficar séria. O sucesso do blog fez com que amigos fugissem do jornalista, uma vez que a repercussão do conteúdo postado era poderosa. Houve até quem, durante uma festa, chegasse a se desculpar com ele por releases cheios de erros e pedisse para ser poupado. “Recebi uma vez um release com um erro de português gritante. Cinco minutos depois a assessora me reenviou o mesmo conteúdo, porém com a correção feita juntamente com um pedido de desculpas”. O blog virou um arquivo online de todo o material pitoresco.


Novos caminhos
Diante desses constantes pedidos, Vasques percebeu a dimensão que seu blog estava ganhando entre os assessores e a importância que ele representava. Um dos termos mais buscados no Pérolas era “como construir uma pauta”. Isso o fez repensar todo o blog. Era hora de dar a devida atenção aos posts e transformar o blog em uma ferramenta de auxílio aos assessores.


O Pérolas migrou para o WordPress, uma ferramenta moderna para blogs, e seu foco passou a ser o aprendizado que se tirava dos erros. O blog ganhou um espaço significativo no mundo das assessorias. É tido como referência para construções de releases e pautas, assim como um arquivo para consultas de como se comportar numa coletiva, além de bordões que devem ser extintos, postura dos assessorados, entre outras dicas.


Hoje, aos 30 anos, Eduardo Vasques trabalha na criação da TV1 RP, uma das empresas do Grupo TV1. É coordenador de um grupo de estudos sobre RP Digital apoiado pela Abracom (Associação Brasileira das Agências de Comunicação).


 


Fonte: Comunique-se


FONTE: C-se

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.