Oficina da Palavra ganha concorrência do Ministério Público

 


Contrato permitirá a outros órgãos da administração federal, estadual e municipal realizar media training sem fazer nova licitação


  


A Oficina da Palavra foi a agência de comunicação vencedora da licitação realizada pela Escola Superior do Ministério Público da União para contratação de empresa especializada para ministrar curso de formação de porta-voz – media training – aos membros do Ministério Público da União (MPU).


A licitação, na modalidade técnica e preço, foi a mais concorrida de 2007 na área de comunicação corporativa. É fácil entender o grande interesse despertado pela concorrência. Como a seleção da empresa foi feita pelo Sistema de Registro de Preço (SRP), o treinamento pode agora ser realizado por qualquer outro órgão público, federal, estadual ou municipal, sem a necessidade de nova licitação.


“O formato de licitação estabelecido pelo MPU irá facilitar a capacitação de diversos gestores públicos das esferas federal, estadual e municipal. Hoje em dia, o curso de capacitação de porta-vozes, conhecido como media training, é uma ferramenta  estratégica no processo de formação de imagem de uma instituição. Mas, muitas vezes, ele não é realizado em função das dificuldades de contratação dos órgãos públicos”, afirma Patrícia Marins, sócia-diretora da Oficina da Palavra.


 


O trabalho


 


A Oficina da Palavra iniciará em abril os cursos para os quatro ramos do MPU: Ministério Público Federal, Ministério Público do Trabalho, Ministério Público Militar e Ministério Público do Distrito Federal e Territórios. Ao todo, serão treinadas 45 turmas, distribuídas em 17 capitais.


O objetivo do treinamento é fornecer aos membros do Ministério Público da União ferramentas para que eles tenham um melhor relacionamento com a imprensa


 


Leia mais sobre a licitação e a ata de registro de preços.  


FONTE: Abracom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.