Abap prepara novo código de ética da atividade publicitária no Brasil

A Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap) iniciou os trabalhos para a redação do novo código de ética da atividade publicitária no Brasil. A entidade pretende apresentar o texto final do novo código no dia 19 de outubro.

Segundo Hiram Souza,  diretor nacional da Abap e presidente da Exclam Comunicação, a versão atual da publicação é muito antiga, tendo sido redigida em 1957. “É preciso ter um código de ética atualizado com os acontecimentos do país. Quando este foi criado as revista e a televisão não veiculavam o que hoje veiculam”, explica Souza. “O pensamento brasileiro mudou”, completa.

Durante o período de redação, o novo código receberá sugestões dos delegados dos capítulos regionais da Abap, qque irão se reunir até o dia 10 de agosto para analisar o atual documento e apresentar propostas de mudanças. Depois desta fase, será elaborada uma primeira versão do código que será analisada pela diretoria nacional da entidade. A meta é ter a segunda versão, que segundo Hiram Souza também será discutida com outras entidades representativas do mercado, seja concluída até 20 de setembro.

A Associação Brasileira de Agências de Publicidade foi fundada em 1º de agosto de 1949 e representa os interesses das agências de publicidade associadas junto à indústria da comunicação, poderes constituídos, mercado e sociedade. As agências associadas à Abap representam 75% de todo o investimento publicitário brasileiro em mídia, movimentando cerca de 2.800 profissionais e 3.900 clientes.


 


 


Fonte: Portal da Comunicação


FONTE: Portal da Comunicação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.