Pesquisa Imprensa/MaxPress/Aberje: redações reconhecem importância dos assessores de imprensa

Sempre existiu no jornalismo uma guerra surda entre jornalistas de redação e assessoria de imprensa. Este clima de beligerância, porém, parece que está chegando ao fim. Informa a pesquisa Imprensa/MaxPress/ABERJE, feita pelo Instituto Franceschini de Análise de Mercado e coordenada pelo departamento de pesquisas da ABERJE (Associação Brasileira de Comunicação Empresarial), que 83% dos jornalistas brasileiros que trabalham em redação acham que os assessores de imprensa ajudam muito mais do que atrapalham.


Vamos aos números: 42% dos entrevistados avaliam que os assessores de imprensa ajudam muito o trabalho da redação. 43% dizem que ajudam um pouco. 7% afirmam que não ajudam, nem atrapalham. E apenas 3% dizem que atrapalham. A pesquisa, realizada entre novembro e dezembro de 2005, ouviu 405 jornalistas de um universo de 48.115 cadastrados pelo mailing MaxPress, a maior e mais segura referência do país. A metodologia empregada foi quantitativa, com amostra aleatória. O resultado completo desta pesquisa você confere na próxima edição da revista IMPRENSA, que chega às bancas em março.


Fonte: MaxPress


FONTE: MaxPress

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.